Quando pensamos em Tantra, aquilo que pode vir imediatamente ao pensamento são as práticas físicas de estimulação sensorial e de abertura ao transcendente, através de uma conexão total com o outro.

No entanto, o Tantra é um caminho de conexão consigo mesmo, antes de mais, que pode assumir diferentes formatos, consoante a tradição na qual se encontre embasado.

Para Peter Littlejohn Cook, que faz a ponte entre o Tantra tradicional e uma forma atualizada de viver estas práticas, o Tantra é um caminho para o autoconhecimento, a mestria pessoal e a autorealização.

Ao contrário das tradições espirituais mais restritivas, atribui a sua ênfase à vida, à “encarnação” e ao estar presente no próprio corpo, para que se possam viver as experiências por inteiro.

O Tantra encerra em si muito mais do que a pura sexualidade e o acesso ao prazer pessoal. É uma forma de melhorar a intimidade dos nossos relacionamentos e uma filosofia prática que nos inspira a viver com compaixão, dignidade e integridade.

Tópicos do Episódio

  • O que é o Tantra
  • Tantra no Ocidente
  • Tantra no dia a dia

Damos voz às questões do ser humano na sua busca por um sentido da vida e procuramos as respostas.

Um debate interessado, com diferentes convidados a cada episódio, explorando temas que contribuem para uma visão mais expandida da vida e do propósito de cada um nesta.

Criamos pontes entres diferentes experiências e perspetivas, ao serviço do conhecimento e do desenvolvimento humano.

João Silva

Praticante de yoga desde 1994, começou a dar aulas em 2000, não estando atualmente ligado a nenhuma escola ou tradição particular, quer deixar o seu contributo para esta filosofia, mas de uma forma um pouco inusitada. Tem criado espaço de confluências de várias vivências e experiências no mundo do yoga, já que se recusa a adotar uma única visão como verdade absoluta e final